cultura

Arty Collections: a nova galeria que quer tornar a arte acessível a todos

O espaço, em Vila Fresca de Azeitão, pretende divulgar o trabalho de artistas nacionais e locais.
A galeria está aberta ao público.

Durante os períodos de confinamento, por causa da pandemia, muitas famílias ficaram em teletrabalho em casa. O resultado: os espaços que normalmente eram de lazer como, por exemplo, as salas de estar transformaram-se em zonas de trabalho. Por essa razão, algumas pessoas fizeram mudanças na decoração, com o objetivo de se sentirem melhor em casa.

Foi esse o caso de Pedro Carneiro e dos pais, naturais de Lisboa, atualmente a viver em Azeitão. Apesar de já serem amantes de arte e terem uma grande coleção pessoal de obras em casa, decidiram alargá-la e comprar peças ao pintor David Reis Pinto durante o primeiro confinamento. 

“Nas fases de confinamento apercebemo-nos ainda mais da importância da arte e da cultura na melhoria da vida das pessoas. Por isso, em 2020, surgiu a ideia de criarmos uma galeria com o objetivo de promover artistas locais, nacionais e emergentes”, conta Pedro, de 23 anos, à New in Setúbal. 

Quando estavam a passear em família, Pedro e os pais repararam que o número 18 da Rua dos Trabalhadores da Empresa Setubalense, na lateral da Quinta da Bacalhôa em Vila Fresca de Azeitão, estava fechado. Apesar de precisar de muitas obras, uma vez que esteve abandonado vários anos, Pedro e o pai, Armando Carneiro, decidiram ficar com a loja para instalar a Arty Collections. 

A Arty Collections abriu no início deste ano e é uma plataforma de divulgação dos artistas nacionais e de compra e venda de arte moderna e contemporânea. A galeria tem obras de dois artistas portugueses: o pintor David Reis Pinto e o escultor Jorge Marquez. 

Além disso, há mais quatro artistas locais: Pedro Botelho (escultura); Pedro Marques (escultura de pedra); Alexina (escultura de vidro), Zé Vítor (artista plástico) e ainda a artista emergente Teresa Bandeira. 

O espaço tem dois pisos. Na zona térrea estão as obras mais valiosas e maiores. No andar de baixo, as criações mais descontraídas. A galeria está aberta, de segunda a sábado, entre as 14 e as 19 horas. A entrada é livre.

“O nosso objetivo é tornar a arte acessível a todos e, ao mesmo tempo, ser uma mostra dos trabalhos dos artistas nacionais em Portugal e no estrangeiro. Temos peças para todos os gostos e carteiras”, explica Pedro à NiS. 

Para quem não puder passar pela Arty Collections ou morar longe, há uma loja virtual onde pode ver todas as obras disponíveis, os artistas do atelier e até encomendar os artigos. Sempre que possível, Pedro faz entregas personalizadas, em casa dos clientes. 

Há várias telas em exposição.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua dos Trabalhadores da Empresa Setubalense, 18
    2925-495 Azeitão
  • HORÁRIO
  • Segunda a sábado das 14h às 19h

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA