compras

Pet&Bed: a nova marca setubalense de tigelas de cerâmica e camas para animais

Todos os materias usados nos produtos são portugueses. A marca defende a sustentabilidade e a parceria com negócios locais.
Há várias cores disponíveis.

Pedro Favinha não gosta de ficar parado. O jovem de 23 anos está a licenciar-se em Gestão de Marketing e “gosta de fazer acontecer”. A juntar a característica com a paixão pelos animais, que carrega desde miúdo (o útil e o agradável), Pedro deu início a um novo projeto: a Pet&Bed, uma marca de camas e tigelas para animais.

O projeto foi lançado a 12 de novembro, mas não é algo novo para o fundador, que desde 2020 começou a pensar na melhor forma de prosseguir com a ideia. “Foi o meu primeiro contacto com o mundo dos negócios. Deu algumas vendas no começo mas depois que entrei na universidade decidi parar com a Pet&Bed. Achava que não ia voltar a pegar na empresa mas percebi que o mercado dos animais é um potencial mercado em crescimento e decidi que iria continuar mas de forma diferente”, começa a contar à PiT.

Desde miúdo, Pedro lembra-se de estar em contacto com os animais. “Nunca ninguém diria que eu iria para gestão. Era um miúdo que adorava quintas e as minhas brincadeiras sempre foi construí-las”, recorda. “Toda a gente pensava que eu seria engenheiro agrónomo, agricultor ou médico veterinário”.  E o jovem chegou a pensar na hipótese.

Entre os 16 e 17 anos, visitava constantemente o Hospital de Medicina Veterinária de Setúbal, cidade onde vive. “Na altura a minha vizinha era dona do espaço e eu conseguia ter a facilidade de ir para lá e perceber como tudo funcionava. Aprendi imenso mas percebi que medicina não era para mim. Impressionava-me facilmente com o sangue e acabava por desmaiar”, diz entre risos.

Apesar de ter a certeza de que não iria seguir a área de medicina veterinária, Pedro não se afastou dos animais. “Há muita gente que desiste da área porque não consegue ver sangue e acaba por ir para outras. Eu acabei por fazer um fio de ligação a área, não de medicina mas em termos de produtos e serviços”, diz. Durante o ano e meio que passou a desenvolver a Pet&Bed, Pedro criou a SeePet, um serviço de pet sitting que abrange a área de Setúbal e que “tem sido um sucesso”.

 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

A post shared by Pet&Bed (@petandbed_oficial)

Há novidades para o mundo animal

O primeiro objetivo da Pet&Bed era investir em camas para cães. “Todas as que eu encontrava em Portugal não eram de grande qualidade e acabavam sempre por acumular pelo e sujidade”, diz Pedro Favinha à PiT. Em casa, após conversar com amigos e familiares, o jovem chegou à conclusão que as que desenvolveria para os animais teria quatro parâmetros: conforto, qualidade, resistência e higiene.

Após várias pesquisas, encontrou um material sintético “usado em sofás” que respondia todas as exigências da marca. A partir daí, deu início a produção. Mais tarde, após uma viagem para Miami, surgiu a ideia de introduzir as tigelas na empresa. No hotel onde ficou, Pedro recorda de ver taças para animais feitas de cerâmicas e resolveu trazer a ideia para a Pet&Bed. Porém, não foi nada fácil.

Durante oito meses, o jovem visitou lojas e ateliers de artesanatos à procura de parceiros para construir as tigelas como o jovem queria. Apesar de alguns terem aceitado, não conseguiram construir da forma que o jovem queria. Quando já estava prestes a desistir, Pedro resolveu tentar uma última loja: o Ateliê Pardal Cerâmica, também em Setúbal.

Cerca de poucas semanas depois, já tinha os produtos feitos como sempre quis e prontos para a venda. E apesar do negócio ter passado por mudanças,  o jovem sempre manteve o mesmo objetivo: “Desenvolver a economia local, ajudar interligar negócios e desenvolver outros que já existem e que nos ajudam a produzir os nossos produtos”.

Atualmente, a Pet&Bed tem parceria com os proprietários do ateliê,  Rita e Rui, que além de produzir os produtos, também disponibilizam alguns deles para venda física na loja. “Se os clientes quiserem conhecer as tigelas antes de comprá-las online, podem sempre ir lá”, diz.

Os preços variam mediante ao tamanho dos produtos. As tigelas vão desde 19,99€ a 24,99€. Já as camas, entre 59,99€ e 79,99€. Além dos produtos principais, a Pet&Bed disponibiliza brinquedos de pano em forma de osso (6,99€) e no futuro também pretendem começar a vender acessórios para os animais.

Para Pedro, apesar de ter orgulho do pet sitting e da empresa para os animais que abriu, estas ainda não são suficientes para reter todo o amor do fundador pelos patudos. À PiT, confessa os planos futuros: “Para o ano quero abrir uma associação para animais”.

Percorra a galeria para conhecer os produtos da Pet&Bed.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA