compras

Os óculos de Kate Middleton esgotaram em 24 horas. Temos três alternativas mais baratas

A influência da duquesa de Cambridge, que é conhecida pelo seu estilo impecável, abala as vendas de qualquer marca.
Middleton é um dos membros com mais estilo da família real.

Se há celebridade que tem um estilo irrepreensível, esse prémio tem de ir para Kate Middleton. A duquesa de Cambridge continua a destacar-se pelas escolhas irrepreensíveis. Aliás, na sua visita recente às Bahamas, provou que esses elogios também se estendem para o campo dos acessórios.

Na digressão que realizou pelas Caraíbas, juntamente com o príncipe William, Kate voltou a fazer com que um peça esgotasse de todas as lojas do planeta em alguns minutos. No dia 26 de março, na ilha Great Abaco, nas Bahamas, optou por conjugar um vestido rosa com um par de óculos da marca britânica Finlay.

Kate Middleton nas Bahamas.

O modelo em questão, Henrietta, é um clássico cat eye, consagrado desde a década de 50 devido a uma armação que conjuga a versatilidade ao estilo retro. Relativamente às cores, a peça foi desenhada em tons de castanho com efeito tartaruga, designada de “light tortoise”. Apesar de a insígnia ser de origem britânica, o acessório foi feito à mão, em Itália. A construção é composta por acetato Mazzuchelli e lentes Zeiss com proteção UVA/UVA.

“Foi tão bom vê-la a usar um dos nossos óculos de sol. Ela estava linda”, disse David Lochhead, cofundador da marca, em entrevista à “People”. “Como marca britânica, é maravilhoso ver alguns dos membros mais famosos da família real a usar as nossas criações.” 

Foi nos anos 20, logo no início do século XX, que surgiram os óculos de tartaruga — e a história está realmente relacionada com o animal. Os primeiros óculos que surgiram encontravam a sua matéria-prima na natureza, através de chifres de animais, ossos e madeira, com os metais a chegarem mais tarde. Um dos materiais que se tornou, com o tempo, muito procurado pelos artesãos era o casco de tartaruga, considerado um produto de luxo. No entanto, para preservar a biodiversidade e contrariar o risco de extinção do animal, a utilização do material é proibida em todo o mundo desde a década de 70. 

Atualmente, e para que nenhum animal sofra com a produção de acessórios, os artesãos recorrem a materiais como o acetato e o plástico que, com o auxilio dos avanços tecnológicos, concretizam o mesmo efeito estampado dos cascos de tartaruga. 

Os óculos usados por Kate estão esgotados, neste momento, mas vão voltar a estar disponíveis no site da marca no mês de junho. Já é possível fazer reserva e o seu valor é de 185€.

No entanto, se for realmente fã da artigo, pode encontrar várias opções low cost que se parecem com o modelo da Finlay. Carregue na galeria para conhecer três alternativas.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA