compras

O novo salão de estética que quer realçar a beleza de todas as mulheres

Cátia Oliveira criou o negócio em abril de 2024. Continua a investir em formações e quer conciliar vários serviços da área.
É o spot ideal para relaxar.

Ainda era miúda quando Cátia pegou pela primeira vez no pincel e no verniz para maquilhar e arranjar as unhas de todos os membros da família. Sempre gostou de realçar a beleza dos outros e, sobretudo, de fazer senti-los bem — até com massagens relaxantes. Em 2015, começou a fazer trabalhos de maquilhagem. Mais tarde, entrou no mundo da estética. Na verdade, o plano já estava escrito e delineado para uma missão específica: trabalhar na área.

Os sonhos tornaram-se realidade quando começou o seu negócio em abril de 2024: a Crio. O projeto foca-se no bem-estar e nos cuidados de beleza, com serviços de estética, de maquilhagem e de massagens. A setubalense Cátia Oliveira, 33 anos, é a empreendedora por detrás da marca. Terminou o 12.º ano em 2011 e em vez de prosseguiu os estudos, começou a trabalhar em vários locais diferentes, desde caixa de supermercado até limpeza em fábricas.

“Sou agradecida porque tudo contribuiu para o meu crescimento e desenvolvimento tanto a nível pessoal como profissional. Sempre ambicionei ter uma profissão e estabilidade. Em 2019, tirei a minha primeira formação como técnica de extensão de pestanas e designer de sobrancelhas, na Bafa Academy, em Lisboa”, diz Cátia à NiS.

Nessa altura, estava a trabalhar como assistente de educação — mas, entretanto, chegou a pandemia. Ou seja, não chegou a pôr em prática o que aprendeu. Em 2022, quando estava à procura de emprego, encontrou a oferta de formação de esteticista no IEFP. Apesar de não ter colocado grandes expetativas, concorreu e ficou com a vaga. Ao mesmo tempo, tirou o curso de Cultura e Língua Coreana no King Sejong Institute, na Faculdade Nova de Lisboa.

“Sempre adorei a cultura asiática, desde pequena. Durante a pandemia, comecei a dedicar-me mais a esta área e escolhi a língua coreana para aprender. Aprendi a ler sozinha e depois inscrevi-me no curso que faço intenções de prosseguir”, confessa. Cátia é também professora de meditação e mindfulness para adultos, com formação na escola Yoga Family Portugal, reconhecido pelo Yoga Alliance International. Terminou todas as formações em 2024.

“Em 2020, por exemplo, deixei de fumar e troquei literalmente esse hábito por meditar. A minha vida mudou em todos os aspetos. Tive uma transformação. Então, este curso fez-me todo o sentido. Faço intenções de continuar a formar-me nas áreas que gosto e, inclusive, na área de estética porque quero aliar as áreas que puder, e incutir um pouco mais de aprendizagens da Ásia na nossa cultura”, acrescenta.

A primeira vez que teve contacto com o mundo da estética foi em 2019, quando tirou o curso de pestanas, e foi aí que percebeu que gostava mesmo de trabalhar na área e de ver a reação das pessoas no final de cada trabalho. “É gratificante ver as pessoas a sentirem-se bem com um serviço realizado por mim e perceber que todos temos o poder de criar coisas maravilhosas, e que façam a diferença que vai muito mais além do superficial”, explica.

O projeto da Crio foi criado há quase uma década e tem vindo a ser ajustado e passado do papel para a realidade. O nome foi o pai que “criou”, inspirado no seu nome, Crispim Oliveira.

“Fiquei com a ideia porque soou-me muito bem. Sendo que tem a vertente da criação porque acredito que somos criadores de tudo o que quisermos na nossa vida. E eu escolho criar coisas bonitas que possa fazer a diferença na vida das pessoas e ajudá-las. As minhas mãos são a minha forma de mudar o mundo, uma pessoa de cada vez”.

O objetivo é proporcionar uma experiência de serenidade e calma, dependendo, claro, dos serviços. Atualmente, os procedimentos estéticos servem para aumentar a auto-estima e promover o bem-estar. A utilização dos produtos é feita com “atenção ao detalhe, correspondendo à necessidade do cliente e à sua individualidade”. Todos os procedimentos “respeitam a sua integridade, através de um ambiente seguro e acolhedor”. Os clientes são convidados a sentir uma “melhoria significativa na sua aparência, saúde mental e energia vital”.

É possível dar uma resposta sem alterar ou desconfigurar o que o cliente já tem, ou seja, é só realçado. “É urgente que haja um equilíbrio entre a mente, o físico e o espírito. Isso é possível através de resultados naturais e orgânicos quando nos tornamos conscientes mudamos padrões. Os benefícios são a diminuição da ansiedade e irritabilidade, melhoria do humor, aumento da motivação, entre tantos outros”, informa a empreendedora.

No espaço de beleza, há serviço de extensão de pestanas (35€/40€), lifting de pestanas (25€), manicure simples (9€), verniz de gel (18€), massagem de relaxamento (55/35€), massagem facial (28€), maquilhagem (25€) e quick massage para empresas (neste caso, os preços estão sob consulta). Pode fazer a marcação através da página de Instagram. Em breve, Cátia vai acrescentar a depilação a laser e limpeza de pele ao catálogo.

Carregue na galeria para conhecer melhor este espaço e ver alguns trabalhos feitos por Cátia.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Avenida Bento Jesus Caraça, loja 170E
    2910-427 Setúbal
  • HORÁRIO
  • De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA