compras

Novo vestido curto da Bershka combina com todos os modelos de sapatilhas

Trata-se de uma peça alegre, moderna e fresca. É a proposta ideal para dar início aos looks de meia estação.
É uma peça versátil.

A minissaia marcou a moda dos anos 60. A icónica peça foi criada por André Courrèges em 1964, subindo o comprimento em cerca de 15 centímetros acima do joelho. No entanto, a responsável pela popularidade do modelo foi Mary Quant, ao usá-lo ainda 30 centímetros mais curto. A tendência estendeu-se ao vestido, que passaou a adotar cada vez mais o formato mini, traduzindo-se em liberdade, juventude e rebeldia. 

Como se sabe, a moda é cíclica e, desta vez, é a Bershka que apresenta um destes modelos, de mangas compridas e decote barco em diferentes cores. Numa altura em que a primavera se aproxima, este é um look ideal para o armário de meia-estação. Além disso, é versátil o suficiente para usar com botas e botins ou, se quer atrair o bom tempo o mais depressa possível, é ideal para usar com sapatilhas, numa combinação mais leve e casual.

Uma alternativa para meia estação.

Pode encontrar o vestido num vermelho garrido, se optar por um conjunto mais alegre. Uma boa alternativa passa por acessórios em tons dourados, uma combinação clássica com o tom escarlate. Se for adepto de paletes mais neutras, é possível escolher o modelo caqui ou cinzento escuro — clássicos fáceis de conjugar com outras peças que não fujam a estas cores. Se preferir, pode ainda optar pelo preto, que contrastado com elementos mais coloridos é uma combinação mais fora do vulgar e moderna.

Embora seja uma roupa de meia estação, talvez ainda faça sentido pensar numa outra camada, para quando os dias arrefecem. Seja um bomber ou biker jacket — que através dos seus cortes oversized polarizam o fit justo da peça — ou até mesmo uma camisa ou blusa, este vestido é facilmente adaptável a diferentes estilos.

No fundo, trata-se de uma opção para aqueles que não conseguem esperar pelo sol da primavera e querem trocar as botas pelas sapatilhas, num look mais casual e jovial. É uma das principais vantagens: se adora sapatilhas, o modelo é descontraído o suficiente para combinar com todos os pares que tem guardados na sapateira. Um par branco é sempre a melhor escolha, claro.

O vestido vermelho está disponível nas lojas físicas e online. Custa 12,99€.

Carregue na galeria para conhecer mais algumas peças deste tipo que pode comprar nos saldos da Zara por 7,99€ .

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA