compras

Kukka: esta marca vende correias feitas à mão para telemóveis

A Kukka Case inclui uma corda com padrões coloridos e uma capa de silicone. Há seis modelos à escolha.
Para nunca perder o telemóvel de vista.

Joana Encarnação, 26 anos, mais conhecida por Kika, é setubalense e usa óculos desde os dois. Quando era mais pequena, os pais compravam-lhe dezenas de fitinhas para que não perdesse os óculos. Um dia quando estava a arrumar o quarto, a jovem encontrou uma dessas fitas da infância. Como sempre gostou de fazer colares e pulseiras para vender na praia decidiu criar uma coleção de correias para óculos feitas à mão e com padrões e outros materiais, como tecido, crochet, pérolas e madre pérolas.  

“Os modelos que eu comprava nas oculistas eram muito simples e com pouca estética. Por isso, decidi inovar e adaptar um pouco este acessório à atualidade”, conta à New in Setúbal. Assim nasceu em janeiro de 2016 a marca Kukka, em homenagem à cadela da família.

Três anos depois, a grande novidade deste mês de dezembro é que além dos óculos, Joana Encarnação criou uma linha de correias para telemóveis e até pode usar uma em cada dia da semana. A Kukka Case (como decidiu chamar-lhe) é um pack que inclui uma correia colorida e uma capa de silicone. Atualmente há seis cores disponíveis.

Por enquanto só existem modelos para os iPhones 7 a 11, mas no futuro Kika quer alargar o produto a outras marcas, como por exemplo a Samsung e Huawei. Se costuma esquecer-se do telemóvel em todo o lado e quiser encomendar uma Kukka Case, pode fazê-lo através das páginas de Facebook e Instagram da marca criada pela jovem formada em Marketing e Publicidade.

Há seis combinações disponíveis.

Mas atenção que também há um ponto de venda físico das correias dos óculos e dos telemóveis: a ourivesaria Carlos & Manuel, na Rua Álvaro Castelões na Baixa de Setúbal. O preço de todos os modelos das correias de telemóveis é de 19,90€.

tags: capas, correias, Iphones, Kukka, Kukka Case, óculos, setúbal, venda online

outros artigos de compras

mais histórias de Setúbal