compras

Guinoah: esta marca vende cosméticos 100% artesanais e ecológicos

A setubalense Joana Santana decidiu juntar a paixão pela maquilhagem com a sustentabilidade do planeta.
A coleção Casino foi lançada em junho.

Joana Santana praticou danças de salão desde miúda e com apenas seis anos já se maquilhava sozinha para as atuações. Apaixonada por maquilhagem, a setubalense, de 31 anos, quis criar um projeto próprio que juntasse a cosmética com a sustentabilidade do planeta. E foi assim que há cerca de um ano e meio nasceu a Guinoah, uma marca de cosméticos artesanais, vegan, biológicos e ecológicos.

A coleção mais recente da marca foi lançada no final de junho e chama-se Casino. “Sempre achei que a maquilhagem deveria estar ao alcance de todos, visto que é um fator que enaltece a beleza natural de cada um e todas as pessoas têm o direito de se sentir bonitas. Por isso, pratico preços acessíveis e fabrico produtos que dão para qualquer tipo de pele”, conta à New in Setúbal a maquilhadora profissional especializada em skincare.

Os produtos são feitos artesanalmente com base em ingredientes de agricultura biológica, respeitando os recursos naturais e a biodiversidade. Os artigos da marca contam com a certificação PETA, o que significa que não são testados em animais, sendo cruelty-free. As embalagens também são amigas do ambiente já que são recicláveis. 

Pode encomendar os produtos online no site da Guinoah ou na aplicação. As entregas são feitas em mão na zona de Setúbal e Palmela. Para Portugal continental e ilhas, os pedidos seguem pelo correio, sendo que a taxa de entrega é gratuita para encomendas superiores a 40€.

Os produtos não são testados em animais.

O catálogo tem várias opções de cosméticos eco-friendly, como pigmentos, gel glitter, iluminadores, óleos de semente de uva, entre outros. Por exemplo, o preço dos pigmentos ronda os 7€. O bundle da coleção Casino custa 25€. A loja online funciona de segunda a sexta das 9 às 17 horas. 

“A inspiração para cada coleção surge naturalmente. Umas vezes inspiro-me em temáticas atuais, como foi o caso da linha Algodão Doce em homenagem ao orgulho LGBT, outras vezes na natureza, no nosso país, mas sempre com o objetivo de promover a língua portuguesa e Portugal”.

O nome Guinoah é a junção dos nomes dos dois filhos de Joana: Gui (dois anos) e Noah (sete anos). “Para mim foi um nome que achei que faria todo o sentido, pois tenho este projeto foi um sonho tornado realidade e é quase como um terceiro filho”, explica a maquilhadora. 

tags: cosméticos artesanais, encomendas, Guinoah, linha vegan, maquilhagem, setúbal

outros artigos de compras

mais histórias de Setúbal