compras

Fnac mantém todas as lojas abertas durante o confinamento

Os eletrodomésticos e equipamentos eletrónicos são de novo considerados bens essenciais para o teletrabaho e ensino à distância.
A venda de jogos, livros e brinquedos também vai continuar.

A partir desta sexta-feira, 15 de janeiro, Portugal entrou num segundo confinamento obrigatório imposto pelo governo para travar as infeções por Covid-19 no nosso País. Isto significa que todo o comércio não essencial estará encerrado até, pelo menos, 30 de janeiro, podendo este período ser alargado.

Ao contrário do que se passou em março e abril, a Fnac vai manter todas as lojas abertas durante o estado de emergência. Segundo a empresa, eletrodomésticos e equipamentos eletrónicos são novamente considerados bens essenciais para o teletrabaho e ensino à distância, pelo que os espaços físicos da cadeia continuarão a funcionar.

A partir de dia 18 (a próxima segunda-feira) a venda de outros bens considerados não essenciais — como os livros, jogos e brinquedos — poderá ser realizada nos balcões à entrada da loja, que também servirão para a entrega de encomendas do serviço Click&Collect. 

Todas as informações estão disponíveis no site, onde vai encontrar, por exemplo, os horários das lojas e as formas disponíveis para encomendas, compras, recolhas e trocas no separador “lojas abertas Fnac”. Os produtos também vão continuar à venda através da loja online e na app (disponível gratuitamente para iOS e Android).

Através do telefone 309 710 000, os clientes podem ainda usar o serviço Liga & Encomenda, que disponibiliza o apoio de um especialista da empresa para ajudar com aconselhamento e acompanhamento da compra de forma segura. As lojas PC Clinic e Clínica Fnac, bem como o serviço Pick Up & Repair, para a reparação de computadores, tablets e smartphones, estarão também estarão em funcionamento.

Já o prazo de trocas foi alargado para compras feitas a partir de 1 de janeiro para até 15 dias depois do fim do confinamento, de forma a garantir que os clientes possam fazer as suas escolhas com maior confiança e segurança. 

Segundo os responsáveis, a empresa reforçou as operações relacionadas com o e-commerce para fazer face ao aumento do consumo no online, nomeadamente na gestão de stocks, armazéns e logística. As equipas de Customer Care e do serviço Liga & Encomenda também foram reforçadas para garantir uma maior capacidade de resposta aos clientes.

As entregas em casa serão grátis para aderentes para compras acima de 15€ e será ainda lançada uma campanha de adesão ao cartão Fnac, que será gratuito para todas as compras superiores a 30€. 

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA