compras

Esta jovem personaliza peças de vestuário e outros objetos com desenhos artísticos

Camisolas, sapatilhas, discos de vinil e peças de madeira são alguns dos produtos que Joana Lameira pinta.
Um dos artigos personalizados.

Joana Lameira, de 22 anos, é natural de Beja, mas vive em Setúbal há cerca de cinco anos. Atualmente está a terminar o mestrado em Conservação e Restauro na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e sempre esteve ligada à área das artes.

Está a frequentar um grupo universitário de teatro, na instituição onde estuda, e quando era mais nova pertencia a uma banda enquanto vocalista. Além disso, as artes plásticas e visuais sempre a fascinaram e, como não queria deixar esmorecer esta paixão, criou um negócio incrível e original.

Quando tinha 16 anos recorda-se que se utilizavam muito os chokers (colares rentes ao pescoço) e, na altura, não havia nenhum sítio onde pudesse comprá-los. Por gostar tanto da peça, começou a fazer para si própria, até ter chamado a atenção das pessoas que começaram a pedir-lhe cada vez mais encomendas. Para conseguir concentrar toda a informação sobre as encomendas e divulgar o trabalho, criou a página To Bloom. “Como estava a adorar fazer bijuteria, comecei a evoluir. Ia fazendo brincos, colares até à mais recente criação de bijuteria com aço inoxidável e resina”, conta à NiS.

Durante a pandemia, com imenso tempo livre por aproveitar, apostou na pintura da sua roupa para lhe dar mais vida. Explorou este caminho até perceber que podia, de facto, mostrar o seu trabalho e fazer peças personalizáveis. Assim nasceu a segunda página da jovem: a To Bloom With Art. Esta parte do negócio distingue-se um pouco da vertente de bijuteria. Essencialmente, Joana Lameira personaliza peças de roupa, calçado, madeiras, discos de vinil ou tote bags, através de desenhos ou frases pintados à mão.

As madeiras têm sido especialmente requisitadas para ilustrações de animais de estimação em que, neste caso, a jovem arranja as madeiras e os clientes só têm de enviar uma fotografia do animal à criadora. Quanto à roupa ou calçado, muitas vezes os próprios clientes enviam uma peça e a jovem faz disso a sua tela. Aconselha sempre que a roupa seja já usada, ou em segunda mão, para dar uma nova vida à peça, evitando o desperdício e promovendo uma economia circular.

Contudo, se o cliente não tiver a peça específica que deseja, ou compra e entrega a Joana Lameiroa ou deixa essa tarefa à jovem. Nestes casos, recorre a cadeias de fast fashion porque ainda não tem possibilidades económicas para arranjar uma quantidade que compense e nível de produção nacional.

Todos os outros produtos, faz questão de comprá-los em lojas locais da cidade e de recorrer, sempre que possível, a artigos de produção nacional. A questão da sustentabilidade ambiental também é muito importante para Joana Lameira, como é o caso dos plásticos que tenta reduzir ao máximo.

A maioria dos preços que pratica é através de um orçamento calculado para cada caso, uma vez que depende sempre das personalizações requeridas pelos clientes. Quando a jovem apresenta o valor final já está incluída a peça de roupa (se for o caso), os portes, o material utilizado e a mão de obra.

No caso das madeiras, para ilustrações e frases simples, existem cinco packs disponíveis entre os 10€ e os 25€. Para ilustrações e retratos, se forem no formato de coração de cerca de oito centímetros, têm o valor de 12€, se for numa placa de cerca de 10 centímetros custam 13€, e numa placa de aproximadamente 19 centímetros, o preço é de 20€.

Há também madeiras para medalhas, ímans, pendentes e porta-chaves entre os 8€ até aos 22€. As ilustrações em brincos variam entre os 10€ e os 14€ e os vinis estão disponíveis no tamanho single (12€) e grande (16€). Por último, as peças personalizadas em bordado russo começam nos 10€ e vão até aos 28€.

Os envios são feitos através dos CTT não só para Portugal, mas também para outros países. A jovem já enviou encomendas para Inglaterra, Suíça e até Brasil. Pode entrar em contacto com Joana Lameira para encomendar um artigo totalmente personalizável através das páginas do Instagram ou do Facebook.

De seguida carregue na galeria para conhecer alguns dos trabalhos da jovem.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA