compras

BARATATA lançou uma coleção de chávenas para cada estado de espírito

Amuados, felizes ou descontraídos. As peças em cerâmica feitas à mão por Natasha Barata transmitem o mood de quem as usa.
A coleção "I See You".

Cada pessoa começa o dia com uma determinada disposição. Há quem acorde de bom humor, outros demoram mais tempo a melhorar o mood. Muitas vezes, o segredo milagroso para começar bem o dia é um bom café expresso para despertar, dar energia e bom humor.

A pensar na disposição de cada um e como cada qual a pode expressar, Natasha Barata, 32 anos, responsável pelo projeto setubalense BARATATA, criou uma nova coleção de chávenas de cerâmica que transmitem o estado de espírito de cada um de uma forma bastante original.

“I See You” é o nome da coleção composta por chávenas com diferentes características. Podem ser de café ou de chá, conforme o pedido do cliente e apresentam várias expressões faciais que transmitem sentimentos. Há a chávena do amuado, do feliz, do “assobia para o lado” e do bigode. Cada pessoa pode usar a chávena que mais se adequa à disposição do dia.

“Criei esta coleção com base na nossa disposição. Se estivermos mal dispostos bebemos o café na chávena amuada, se estivemos naqueles dias em que não nos apetece ouvir ninguém bebemos na chávena do assobio, ou se nos sentirmos bonitos, bebemos na chávena feliz”, explica Natasha à NiS. Ainda assim, a artista está a criar mais peças com outros moods, nomeadamente uma com corações nos olhos e outra com estrelas.

Quanto ao nome da coleção, Natasha afirma que as pessoas conseguem ver-se umas às outras através do simples facto de usarem uma chávena para começar o dia. “Por exemplo, se alguém publicar uma fotografia com a chávena do amuado, as pessoas podem interagir com ela e perguntar se quer desabafar ou se precisa de alguma coisa”, conta.

O pack das quatro chávenas custa 28€ e é possível personalizar as peças com frases, palavras, nomes ou siglas, sendo que o valor não acresce por isso. Natasha Barata confessou à NiS que já está a preparar encomendas para o Natal deste ano, pois este é um presente bastante original e único. Se quiser comprar os artigos basta entrar em contacto através do formulário no site, da página do Instagram ou do Facebook.

Apesar de ter estudado Artes no secundário, Natasha tirou um curso de Engenharia Civil, mas rapidamente percebeu que não era aquela profissão que queria fazer para o resto da vida. Por isso, decidiu seguir a área de Tradução e foi estudar para Barcelona. Entre os dois cursos, trabalhou numa loja de tecidos, em Setúbal.

Durante os períodos de confinamento por causa da pandemia, os trabalhos de tradução diminuíram substancialmente. Foi aí que Natasha sentiu que deveria encontrar uma atividade diferente para fazer.

“Já adorava macramés, daí ter-me inscrito num workshop online de macramé de um atelier em Lisboa”, explica. A partir daí a jovem começou a ver mais tutoriais e vídeos no YouTube para aperfeiçoar as técnicas.

Como já tinha algumas peças, incentivada pela família, pensou lançar um projeto próprio de decoração 100 por cento artesanal. E foi assim que nasceu a BARATATA (Handmade by Natasha Barata) em abril de 2021.

Percorra a galeria para conhecer alguns dos trabalhos de Natasha Barata.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA