compras

As sandálias rasas da Parfois com padrão de zebra tornam as pernas mais compridas

O modelo de calçado da marca portuguesa é descontraído, confortável e tem um dos estampados mais tendência da estação.
Loja Parfois Braga Parque com fotografia de arquitetura Ivo Tavares Studio

Em 2007, Christian Louboutin desenhou as sabrinas mais icónicas da história. Chamou-lhes “Festish Ballerine” e consistiam num modelo de calçado com um salto alto a 90 graus. Era uma espécie de homenagem ao mundo do ballet e às pontas vertiginosas que as bailarinas são capazes de fazer com os pés. 

Na primavera passada, o Fashion Institute of Technology, em Nova Iorque, recebeu uma exposição chamada “Ballerina: Fashion’s Modern Muse”, que explorava a relação entre a dança clássica e a moda. Por lá, podia ver-se cerca de 90 peças que incluíam fatos de ballet, roupa desportiva e vestidos de alta-costura de marcas como a Dior ou a Chanel. Também lá estavam as espantosas bailarinas do criador francês.

pernas
Aqui estão elas.

As sabrinas são um modelo de calçado que pode criar a ilusão de ter pernas mais compridas, algo que acontece por serem justas aos pés, elegantes e deixarem o peito do pé à mostra. No entanto, há vários modelos sandálias que conseguem fazer o mesmo efeito sem precisar de usar saltos altos. 

Um bom exemplo disso são as novas sandálias rasas da Parfois. O formato ajuda a fazer com que as pernas pareçam mais longas por deixar a descoberto grande parte do pé, num design com tiras pontiagudas que alongam. Custam 29,99€ e estão à venda nas lojas físicas e online.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA