compras

As sandálias com solas monstruosas estão em todo o lado. E são casos de amor-ódio

Estas "ugly sandals" são sinónimo de conforto e até lhe dão uns centímetros extra. Descubra 21 modelos cheios de estilo (desde 36€).
Prepare-se para uma nova vaga de ugly sandals.

Já quase todos devemos ter ouvido falar no termo ugly sandals — também aplicado às sapatilhas, por exemplo. Pois bem, a expressão surgiu com as famosas Birkenstocks de cortiça, depois passou para as sandálias de borracha com aberturas laterais (em inglês, jelly shoes) e mais tarde até para os modelos com pelo. Exemplos não faltam.

Mais recentemente, as chamadas sandálias Cloud — com uma sola de borracha grossa —voltaram a fazer parte do catálogo de várias marcas, tanto de fast fashion como de luxo. São desenhos enormes e, sejamos sinceros, algo monstruosos. Ainda assim, estão a espalhar-se de uma forma assustadora.

À semelhança dos chunky sneakers, os modelos não agradam a toda a gente. Porém, dizem que a história se repete. Em 2018, as sapatilhas que geraram discórdias tornaram-se nos modelos do ano. Na altura, as criações da Fila, que muitos consideraram infames, andavam nos pés de outros tantos. Logo, é de esperar que este seja mais um caso de amor-ódio em que a aversão inicial se transforma numa obsessão.

Agora, as etiquetas estão a desafiar o público a fazer o mesmo com mais um estilo recuperado dos anos 2000. É o caso da conhecida Timberland, que tem modelos que parecem ser vendidos ao mesmo ritmo que nos fazem virar os olhos. Uma das propostas, à venda online por 120€, já está esgotada em seis tamanhos.

O modelo Adley Way mistura as cores mais improváveis num formato inusitado. A sola robusta em preto e branco já é uma opção ousada. No entanto, as mais valentes vão reparar ainda nas várias tiras verdes, que contrastam o fúcsia e o laranja, ou na palminha em verde. Há ainda uma opção semelhante até ao tornozelo.

Uma das propostas mais bizarras.

Apesar de controversas, este estilo de sandálias tem inúmeras vantagens que fazem com que milhares as adorem. Já sabemos, segundo as palavras de Carl Sagan, que alegações extraordinárias quererem também evidências extraordinárias. Então, fomos tentar perceber o que leva as chunky sandals à rua.

Por um lado, são uma ótima opção para quem prefere um pouco mais de altura. O salto mais grosso cria uma base estável para o pé enquanto adiciona alguns centímetros de altura a qualquer mulher com um gosto mais ousado — que quer deixar os stilletos bem guardados no armário.

Como oferecem conforto, dão suporte aos pés e tornozelos e primam pela durabilidade, esta nova geração de designs (inspirados em tendências antigas, claro) também são uma salvação para os pés mais cansados.

Quer se trate de um look casual ou formal, dão um toque divertido e brincalhão a qualquer roupa. Estes modelos têm outra enorme virtude: garantem um look descontraído e simples, adequado ao ritmo das férias. Talvez por isso a procura tenha escalado com o aproximar da estação quente.

Além disso, a lista de peças que ficam conjuntos que ficam bem com as sandálias — por incrível que pareça — é bastante extensa. Basta fazer um scroll pelos feeds das redes sociais, para percebeu quais são as combinações vencedoras: com calças largas, com vestidos curtos ou saias maxi, por exemplo. À primeira vista, os modelos são um pouco agressivos, mas criam looks muito femininos.

Se gostar de seguir as passadas da moda internacional, também podemos olhar para as passarelas como exemplo. As coleções de primavera-verão de 2022 da Fendi e da Proenza Schouler mostraram que o volume pode ser sinónimo de sofisticação. Da Chanel à Jil Sander, várias etiquetas conhecidas têm as suas próprias versões.

A NiT reuniu algumas das opções mais caricatas — ou lindas, dependendo do gosto — que estão à venda no mercado. Carregue na galeria para ver os modelos de várias marcas, preços e estilos.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA