compras

A marca setubalense com os quimonos mais exclusivos da estação — há dezenas de modelos

Esta é uma das peças que vai estar na moda durante a primavera este ano. A SotodesSu tem exemplares perfeitos e únicos.
São peças pensadas ao pormenor.

Quimono é o traje tradicional japonês e remonta ao século III. A palavra “Kimono” significa literalmente “coisa de vestir” ou “coisa para vestir”, em que ‘ki’ se refere ao ato de vestir e ‘mono’ a coisa. Ao longo dos anos, a maneira como foi confecionado mudou, alterando-se os materiais, as camadas e até o modelo da peça de roupa. Ainda que muito do vestuário tivesse inspiração chinesa, o quimono era a única criação exclusivamente do Japão.

Além de ser um símbolo da cultura e da tradição japonesa, a verdade é que a própria forma de vestir pode ser considerada uma arte. O quimono foi-se desenvolvendo ao longo da história, mas o traje permanece praticamente inalterado desde o período Edo, existindo diferenças, na prática, entre a peça para homens e mulheres.

No caso da marca setubalense SotodesSu, há uma versão unissexo e exclusiva. “É uma peça que pode ser usada por mulheres e homens, em qualquer situação e independentemente do estilo, seja mais elegante ou mais casual”, explica a empresa. Para quem não sabe, há várias partes que constituem este tipo de peça.

“O nosso quimono possui um obi, que pode ou não usar. Uma vez que a peça não tem passadores, a colocação do obi não fica condicionada a nenhuma altura em particular. Caso decida não utilizá-lo, o caimento do quimono ficará perfeito, uma vez que não tem passadores. Nasce de combinações singulares de tecidos mais fluídos com outros mais estruturados, dando-lhe um caimento perfeito e é uma peça exclusiva — cada uma criada em número muito reduzido ou mesmo única”, acrescenta.

A verdade é que todos os fãs da cultura japonesa vão ter dificuldade em resistir a esta peça. Há vários modelos e tamanhos diferentes, mais ou menos compridos. Os padrões são coloridos e, assim, combinam na perfeição com as cores da primavera. De meia manga, são fluídos e confortáveis, além de comporem qualquer look com um toque especial.

Esta foi a primeira peça feita pela marca. O preço é de 119€ os quimonos mais curtos e 134€ os mais compridos. São confecionados — assim como todos os outros artigos da marca — de um modo totalmente singular e artesanal. Entre as dezenas de modelos, pode escolher o seu favorito através da página de Instagram, onde estão disponíveis.

A SotodesSu nasceu em 2022, do sonho de Susana Andrade e do namorado, Paulo Barroca, ambos com 45 anos e setubalenses. Partilhavam a ideia e a paixão de começar um negócio em que as peças fossem totalmente feitas por ambos, no atelier que têm em Setúbal. E foi exatamente isso que aconteceu. Eles fazem o projeto em conjunto, enquanto parte da modelagem, corte e costura é realizada por Susana.

Estas peças são “trabalhosas”, diz Susana, mas valem a pena. “O extremo Oriente sempre nos fascinou em diversos sentidos e sentimos que, numa altura em que a cultura pop coreana tem cada vez mais expressão no ocidente, seria importante revisitar a sua tradição e trazê-la para o século XXI”.

As peças têm tido um significado impactante para muitos clientes. “À boleia das nossas criações, há pessoas que nos contam que começaram a olhar para a história do vestuário de forma diferente, mais atentas às diferenças que existem na tradição a este nível nas culturas. Esta mudança de perceção é também muito importante para nós, enquanto criadores. Criar é também convidar a abrir horizontes”.

Não há um modelo mais pedido que o outro, porque todas as peças são únicas. “Um dos pilares da SotodesSu é precisamente a criação de exemplares únicos ou em número muito reduzido. Cremos que tal como cada um de nós é único, os nossos clientes merecem ter peças únicas. Daí o nosso mote ser a criação de peças de arte para vestir”.

Além do quimono, a marca tem à venda o wasket, típico da Ásia Meridional, que significa mesmo em urdu “colete”. No catálogo também existem os jeogori e o hanten, de origem japonesa, e as fitas turbante. Todas as criações são inspiradas no médio e extremo oriente.

A criação é um processo demorado porque compreende diversas etapas, todas elas realizadas de forma artesanal e pela mesma pessoa. É um universo diferente da confeção industrial, em que existe um posto de trabalho para cada etapa e por dia se produzem centenas de peças, além de que é trabalhada à metragem de tecido.

Saiba que existem muito poucas unidades de cada peça, sendo esse também um fator diferencial. Para encomendar um modelo, deve entrar em contacto com a SotodesSu através da página do Instagram da marca ou para o email sotodessu.store@nullgmail.com. Podem existir peças que estão disponíveis para entrega imediata e outras que podem ser encomendadas.

Carregue na galeria para conhecer alguns modelos.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA