comida

Setúbal Terra de Peixe está de volta — e vai até Lisboa

O programa inclui festivais gastronómicos, palestras, showcookings, degustações e exposições ao longo do ano.
Um mega evento para promover a gastronomia local.

O já conhecido evento Setúbal Terra de Peixe está de regresso à cidade, com várias iniciativas ao longo do ano, que incluem festivais gastronómicos, palestras, exposições, showcookings e degustações comentadas. O programa arrancou com a Semana do Choco, que decorre até ao próximo domingo, 31 de março.

Mas as novidades não ficam por aqui. Seguem-se entre os dias 27 de abril e 5 de maio a Semana da Caldeirada, de 24 de agosto a 1 de setembro as do Carapau e Sardinha, Ostra, de 5 a 13 de outubro e a do Salmonete, de 1 a 10 de novembro. Além de contarem com a participação de dezenas de restaurantes, com ementas especiais dedicadas a cada um dos tipos de pescado, as semanas gastronómicas organizam sessões de culinária ao vivo e degustações comentadas.

“Mar à Conversa” é o tema do ciclo de palestras, que acontecem entre 23 de maio e 18 de outubro às 14h30, na Casa da Baía. O objetivo é debater questões relacionadas com a atividade piscatória. A primeira é a 23 de maio, quinta-feira, e vai centrar-se na “Produção e Crescimento da Ostra em Setúbal”, com a presença do especialista Ricardo Salgado, responsável pelo projeto de investigação OSTRAQUAL — Valorização e Promoção da Qualidade das Ostras de Aquacultura da Região do Sado e Mira.

A 11 de junho, terça-feira são abordadas as “Oportunidades de Formação na Área do Mar em Setúbal” e a 23, domingo, Natália Henriques da ADREPES fala sobre “Financiamento da Economia do Mar na Península de Setúbal através do DLBC Costeiro — ADREPES”. O ciclo de palestras termina a 18 de outubro, sexta-feira, com a apresentação do projeto HAChoco, por Mafalda Guedes.

O Setúbal Terra de Peixe 2019 vai promover ainda palestras animadas nas escolas do Concelho, entre março e maio. As personagens “Zeca Faneca” e “Graça da Praça” vão explicar aos miúdos o circuito do pescado, desde o momento da captura até chegar ao nosso prato.

A Semana do Mar e do Pescador, de 23 de maio e 2 de junho, também faz parte das atividades previstas, com destaque para uma exposição de canas artísticas de Nuno Paulino, “Pesca com Arte”, patente no Parque Urbano de Albarquel. No Dia do Pescador, assinalado a 31 de maio, os alunos de algumas escolas do Concelho podem participar numa visita à lota comercial com simulação de leilões de pescado. 

O Setúbal Terra de Peixe também marca presença no festival gastronómico Peixe em Lisboa, entre os dias 4 e 14 de abril, no Pavilhão Carlos Lopes. E também vai estar na edição deste ano da Feira de Sant’Iago, a decorrer de 20 de julho a 4 de agosto.

O programa é organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, no âmbito da marca Setúbal Terra de Peixe criada em 2015. O objetivo do projeto é estimular a restauração e a gastronomia locais e promover a cidade como destino turístico de excelência.

tags: degustações, palestras, semanas gastronómicas, Setúbal Terra de Peixe, showcookings