comida

Setúbal está entre os finalistas das 7 Maravilhas à Mesa

Pode votar na Mesa de Setúbal, até 12 de agosto, e ajudar a decidir a passagem da cidade do Sado à última fase do concurso.

Setúbal pode bem vir a ser eleita uma das 7 Maravilhas à Mesa. Mas vai precisar da sua ajuda. Para isso tem que dar o seu contributo e votar na nossa cidade para colocar a Mesa de Setúbal entre as 14 propostas finalistas, que vão integrar a gala final, a 16 de setembro.

De um total de 182 candidaturas de vários pontos do país, a Mesa de Setúbal, apadrinhada pelo cantor Toy,  Setúbal conseguiu convencer um painel de 77 especialistas e um conselho científico, e já está entre as 49 mesas pré-finalistas da sétima edição do concurso 7 Maravilhas à Mesa. Para chegar às 14 finalistas, precisa do seu voto.

Intitulada “Casa da Baía de Setúbal”, a mesa sadina propõe na categoria de “Roteiros”, experiências gastronómicas únicas degustadas no edifício centenário, remodelado em 2011, onde funciona atualmente o posto de informação turística Casa da Baía, na Avenida Luísa Todi.

Na categoria “Gastronomia”, a proposta vai para o pão do Faralhão, as ostras do Sado ao natural, o salmonete à setubalense e o queijo de Azeitão.

Na área de “Vinhos e Azeites”, a cidade do Sado elege o vinho branco Quinta de Alcube Reserva, produzido na Quinta de Alcube, e como aguardentes e licorosos, o Moscatel Roxo de Setúbal 1997, da coleção privada de Domingos Soares Franco, produzido pela José Maria da Fonseca.

A seleção das mesas finalistas será feita feita através do voto telefónico, em sete galas semanais aos domingos, com transmissão na RTP e apresentação de José Carlos Malato e Catarina Furtado.

A seleção das 14 mesas finalistas será feita feita através do voto telefónico dos portugueses, em sete galas semanais aos domingos, com transmissão na RTP e apresentação de José Carlos Malato e Catarina Furtado.

Nesta edição de 2018, as propostas das várias regiões são apresentadas por mesas, que incluem propostas turísticas representativas das regiões ou concelhos candidatos, sugerindo os melhores produtos, nas áreas de gastronomia, vinhos, azeite, e roteiros turísticos.

Os pré-finalistas, entre os quais se encontra Setúbal, integram patrimónios, que correspondem aos grandes ex-líbris das regiões, desde os petiscos tradicionais, aos pratos típicos, vinhos, azeites e roteiros turísticos, como patrimónios históricos, culturais, naturais, festivais, eventos e experiências turísticas.

A eleição das 7 Maravilhas à Mesa, desenvolvida em parceria pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho e pela Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, conta com um conjunto alargado de apoios, incluindo o alto patrocínio do Presidente da República.

O conselho científico é constituído pela Associação Cozinheiros Profissionais de Portugal, a Associação Portugal Genial, a Federação das Confrarias Báquicas de Portugal, a Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, o Instituto da Vinha e do Vinho, a rede de instituições públicas do ensino superior com cursos na área do Turismo e o Turismo de Portugal.

Para saber mais pormenores sobre esta edição, consulte o site, que inclui destaques especiais sobre cada uma das 49 candidaturas pré-finalistas a concurso.

Já não é a primeira vez que Setúbal brilha neste tipo de concursos, uma vez que em 2010, o Portinho da Arrábida venceu as 7 Maravilhas Naturais de Portugal e a sardinha assada as 7 Maravilhas da Gastronomia, em 2011.

 

tags: 7 Maravilhas à Mesa, concurso, mesa de Setúbal