comida

O rosé que casa perfeitamente com salmão custa menos de 4€ na Auchan

É uma proposta da Adega Cooperativa de Cantanhede, que já foi várias vezes premiada por revistas especializadas.
Também complementa bem os queijos.

O verão é sinónimo de muitas sangrias à mesa, durante as grandes jantaradas com os amigos e familiares. Para criar uma proposta extra fresca, é sempre melhor utilizar um bom vinho rosé. É um estilo vínico muitas vezes desvalorizado e esquecido, mas tem uma longa história de existência. A designação surgiu em Provença, em França, durante o século XVII, mas a sua produção já perdurava há séculos. Destaca-se principalmente pela sua acidez, porque são colhidos num estágio mais prematuro, apresentando um sabor mais amargo. Com o passar do tempo, têm vindo a ganhar mais fãs, e na Auchan não faltam opções.

No supermercado encontramos uma garrafa da Adega Cooperativa de Cantanhede. Esta marca foi criada em 1954 por um conjunto de 100 vinicultores. Quase 70 anos depois, multiplicaram este valor por cinco — e anualmente produzem entre seis a sete milhões de quilos de uva, sendo um dos principais produtores da Região da Bairrada.

Nas vendas destaca-se nos vinhos DOC Bairrada e Beira Atlântico IGP. Fabricam tintos, brancos e, claro, rosés. A par deste são produtores de espumantes, aguardentes e vinhos fortificados. Como comprovativo de sucesso e importância no mercado, já foi considerada a melhor adega cooperativa por várias publicações especializadas.

Uma das suas linhas é a Marquês da Marialva. Também conhecido como D. António Luís de Meneses, o natural de Cantanhede recebeu o título de marquês como forma de reconhecimento da sua coragem ao comando das tropas portuguesas em diversas batalhas durante a Guerra da Restauração, que decorreu entre 1640 e 1668, ano em que Portugal recuperou a sua independência após 60 anos de domínio espanhol.

Na cadeia de supermercados Auchan encontramos um rosé desta mesma gama com um generoso desconto de 20 por cento. Diminuindo o seu preço de 4,99€ para 3,99€. A colheita utilizada é de 2018. Caso não seja grande conhecedor de vinhos, os rosés casam perfeitamente com algumas das comidas que já come ao longo do verão, como marisco, peixe (especialmente salmão), queijos e charcutaria.

Carregue na galeria e conheça outros bons vinhos portugueses que custam menos de 10€.

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA