comida

O novo pub de Setúbal tem 35 referências de cerveja artesanal e tábuas para partilhar

O Skál Artesanal abriu no dia 3 de maio. Também há nachos, fish and chips, hambúrgueres e milkshakes com álcool.
O camarão à Musa é uma das especialidades. Foto: Fragments of Time.

Três amigos e um sonho: abrir um pub em Setúbal para trazer a tradição da cerveja artesanal para a cidade. Foi assim que nasceu o projeto do Skál Artesanal, criado pelos setubalenses João Baptista, Fábio Baptista e Rui Antunes.

João Baptista, 26 anos, fez uma formação de bartender em Nova Iorque e trabalhou em vários pubs na Islândia e Londres. Porém, com a chegada da pandemia, decidiu voltar para Portugal e abrir um negócio, em conjunto com o irmão Fábio e o amigo Rui. 

“Começámos a trabalhar no projeto há cerca de um ano. Tínhamos um local escolhido, que não era este onde ficámos, porque achámos que deveríamos adaptar o conceito ao contexto atual. Nos tempos em que vivemos pensámos que não fazia sentido abrir um bar, mas um espaço onde as pessoas possam beber um copo com os amigos e relaxar”, conta à New in Setúbal, João Baptista.

Por causa das restrições da pandemia, a inauguração do Skál foi adiada mais do que uma vez. Só no passado dia 3 de maio, segunda-feira, é que as portas do número 99 na Estrada de Palmela junto à Academia de Padel de Setúbal se abriram definitivamente. 

Como deve ter percebido pelo nome, o centro da carta do Skál é a cerveja artesanal. Ao todo, há 35 referências de cervejas artesanais para experimentar: 25 em garrafa e dez à pressão. “O nosso objetivo é mesmo dar destaque à vertente da cerveja artesanal produzida por marcas portuguesas e da região de Setúbal”, explica João Baptista à NiS. 

Musa, Dois Corvos, Alma, Aldeana e a Ophiussa, estas duas últimas sediadas no distrito de Setúbal, são algumas das marcas que vai poder encontrar no novo spot da cidade. Além das marcas fixas, o Skál serve edições limitadas, que variam ao longo da semana, e também milkshakes com álcool. 

A juntar às cervejas artesanais foi criada uma carta de pub food para combinar com cada gama de cerveja. Até agora, dois dos pratos que estão a fazer mais sucesso são os nachos com dips (3,50€) e o camarão à Musa acompanhado de pão saloio torrado (8€). 

Há também três opções de hambúrgueres artesanais com batatas fritas: o beef (7,50€), chicken (7,50€) e o veggie (8€). Se está com saudades de partilhar uma boa refeição entre amigos, pode escolher uma das tábuas — como, por exemplo, a Skál (17€), composta por combo de wings, aros de cebola, tiras de choco frito, palitos de mozzarella e batata frita artesanal.

Para os mais tradicionais, sugerimos a tábua portuguesa (15€), que traz queijo amanteigado, queijo curado, tostas, presunto, linguiça frita, chourição, azeitonas, compota e pão saloio torrado. Antes de pedir a conta, prove o cheesecake de Oreo caseiro, a 3€.

A decoração do espaço foi pensada ao pormenor e, sem dúvida, que os destaques vão para os dois murais da autoria do artista Alexandre Costinha, conhecido por Vitrvvivs. Um deles, junto às casas de banho, tem todas as gamas de cervejas disponíveis no espaço, o outro é uma pintura inspirada na cerveja artesanal. 

O Skál também funciona como sports bar. Todos os dias são transmitidas competições de várias modalidades, desde futebol, basquetebol, Moto GP e Fórmula 1. Em vez da sala interior, pode ficar numa das mesas da esplanada e provar os petiscos disponíveis, como os apetecíveis caracóis. 

À NiS, João Baptista explicou que o nome Skál foi inspirado na expressão islandesa, que significa cheers. O espaço está aberto de quarta a segunda, do meio-dia às 22h30; e ao fim de semana, das 11 às 22h30. 

A seguir carregue na galeria para conhecer melhor o novo Skál Artesanal. 

 

 

 

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Estrada de Palmela, 99
    2900-536 Setúbal
  • HORÁRIO
  • Quarta a segunda das 12h às 22h30
  • Sábado e domingo das 11 às 22h30
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
bar

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA