comida

Não fique À Toa: vá a Melides descobrir o novo spot com peixe fresco e cocktails

A esplanada e o rooftop, que prometem tardes irrepetíveis, estão entre os destaques do espaço com vista para a Praia de Melides.
Abriu na primeira semana de maio.

Lourenço Aragão (27 anos) e Miguel Macedo (26) sempre tiveram coisas em comum. Além de, enquanto vizinhos, dividirem a mesma rua de Lisboa, as famílias partilhavam o mesmo destino de férias no verão: a praia de Melides. Foi nesse areal alentejano, entre as brincadeiras típicas da idade, que começaram a construir a amizade que os une até hoje.

O laço mais forte, contudo, criou-se quando Lourenço tinha 10 anos e encontrou um cão abandonado. O pai escolheu o nome, mas foram dois os amigos que cuidaram de Badgio no decorrer da década que se seguiu. Atualmente, o animal já não vive entre a casa de um e do outro, mas em fevereiro de 2022, a dupla embarcou numa nova aventura. Falamos do À Toa que, mais do que um restaurante, quer ser um ponto de encontro, no qual as pessoas possam viver bons momentos, seja a petiscar, dançar ou a apreciar o pôr-do-sol, conta o mais velho à NiS.

“Tínhamos falado várias vezes sobre a possibilidade de termos um projeto juntos. Quando ela surgiu, agarramo-la”, começa por dizer. Acrescenta: “Soube do espaço, falei com o Miguel e em três meses preparamos tudo. Abrimos na primeira semana de maio”. Fica em frente à praia de sempre.

As licenciaturas em gestão e gestão hoteleira de Lourenço e Miguel, respetivamente, facilitaram o processo, bem como a experiência do segundo adquirida com restaurante que teve em Cabo Verde, o Flor do Sal. Para o primeiro, as múltiplas vezes que trabalhou com o pai na área do catering também ajudaram.

Com o mar à porta, não é de espantar que os peixes e mariscos sejam os grandes protagonistas da carta, assinada pelo chef Vítor Carvalho. Nesta, constam os filetes de peixe galo com arroz de amêijoas (17€), tataki de atum (16€), sardinhas (13€), dourada (16€) e robalo (19€), mas a recomendação é que espreite na montra as propostas frescas. Os amantes da carne também têm lugar à mesa no À Toa. Lourenço destaca os lagartos de porco preto (17€), a espetada de novilho (17€) e o naco na pedra (17€).

Para quem só quer picar alguma coisa entre um cocktail e outro, não faltam amêijoas à Bulhão Pato (18€), pica-pau (15€), tirinhas de choco frito (16€) e chouriço assado (8€). Nos doces, será difícil resistir à tarte de lima (6€), ao cheesecake (6€) e brownie de chocolate (7€). Vinho a copo, whiskeys, sumos naturais, sidras, sangrias e cervejas são opções para acompanhar.

Além da sala interior, com grandes portas de vidro, até porque a beleza da natureza precisa ser vista, tem esplanada e um rooftop que prometem tardes inesquecíveis. Haverá sempre música, DJ’S e bandas, garante Lourenço. Esteja atento às redes sociais do espaço para não perder nada.

Carregue na galeria para espreitar o À Toa e os pratos que servem.

ver galeria

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA