comida

O nosso Moscatel Roxo de Setúbal foi eleito o melhor do mundo

Várias referências da Península de Setúbal brilharam no concurso Muscats du Monde.
Foram atribuídas 15 medalhas de ouro.

É indiscutível que o moscatel de Setúbal é das bebidas mais famosas do mundo e esta é mais uma prova disso. Os jurados da competição internacional Muscats du Monde, que decorreu nos dias 22 e 23 de julho, em Frontignan-la-Peyrade, França a distinguirem várias referências da Península de Setúbal.

Das 16 distinções a concurso, foram atribuídas 15 medalhas de ouro ao Venâncio Costa Lima Moscatel Roxo de Setúbal Reserva da Família 2016, Venâncio Costa Lima Moscatel de Setúbal Reserva da Família 5 anos, Adega de Palmela Moscatel de Setúbal 10 anos e ao Casa Ermelinda Freitas Moscatel Roxo de Setúbal Superior 2010.

Na vigésima edição do concurso foram ainda distinguidos com medalha de ouro o Moscatel Roxo de Setúbal Pingo Doce Seleção Exclusiva, o Moscatel de Setúbal Pingo Doce Seleção Exclusiva, o Moscatel Roxo de Setúbal Contemporal 2013 e o Moscatel de Setúbal Superior Bacalhôa 10 anos. 

Os produtores Venâncio da Costa Lima, Camolas&Matos e Casa Ermelinda Freitas trouxeram para casa mais sete medalhas de prata. Participaram no concurso Muscats du Monde 158 moscatéis de 16 países. O júri internacional atribuiu 52 medalhas (21 de ouro e 31 de prata).

Em 20 anos de competições internacionais para eleger os melhores moscatéis do mundo, este foi o concurso onde Portugal teve a melhor prestação. As 16 medalhas atribuídas este ano (oito de ouro e oito de prata) fizeram de Portugal o país com mais medalhas de ouro e mais moscatéis no top 10 Best Muscats du Monde.

tags: concurso, medalhas de ouro, Moscatel Roxo de Setúbal, Muscats du Monde

outros artigos de comida

mais histórias de Setúbal