comida

Há uma pastelaria de Setúbal que transforma as sardinhas num doce

A Doce Arte criou uma especialidade única, que leva gila, amêndoa, doce de ovo e canela.
A Pastelaria Doce Arte fica no Bonfim.

Setúbal é sinónimo de bom peixe. Salmonetes, sardinhas e carapaus assados fazem parte da ementa da maior parte dos restaurantes da cidade. Mas, e se lhe dissermos que também pode comer um sardinhas à sobremesa? Na Pastelaria Doce, no Bonfim junto ao Estádio do Vitória de Setúbal esta combinação é possível.

O espaço de fabrico próprio criou o doce com o formato do peixe. É muito parecido aos pastéis de Tentúgal e leva gila amêndoa, doce de ovo e canela. Cada unidade custa 1€.

Além das famosas sardinhas, a casa também é conhecida pelas tigeladas (1,20€/unidade) feitas de leite, açúcar, canela, ovos, limão e baunilha, sem esquecer os pastéis de nata. Também há bolos secos, babás, esquimós, queijadas, palmiers, isabelinhas e opções com chantilly. O espaço aceita encomendas de bolos de aniversário simples (doce de ovo) e personalizados em 3D. Os preços vão dos 12,50€ a 16,50€/kg.

A Doce Arte também funciona como padaria. Vende pão de sementes, pão com chouriço, alho e salsa e pão de passas. O top de vendas é a chapata de centeio, desde 1€. Ao longo do dia pode aproveitar algumas promoções. Se beber um café com um bolo paga 1,25€. A partir das 18 horas, todos os bolos custam 1€ e a quem comprar cinco é oferecida a sexta unidade.

Original, não é?

José Ferreira, 50 anos é o responsável pela Doce Arte e trabalhou em algumas das melhores pastelarias lisboetas como mestre pasteleiro. Está em Setúbal há mais de 20 anos, começou por explorar uma fábrica de doçaria, em São Gabriel e mais tarde lançou-se num negócio de fabrico próprio, o Golfidoce, no Bairro da Camarinha.

O nome surgiu naturalmente por inspiração de José, que considera que “a pastelaria é uma forma de arte”. A decoração do espaço com ripas pintadas e vários quadros ao longo das paredes reflete também as diferentes formas de expressão artística. “Quis criar um ambiente acolhedor, onde as pessoas podem conversar tranquilamente”, explica.

Desde que foi inaugurada há quatro anos, a pastelaria recebe muitos setubalenses, jogadores do Vitória de Setúbal, clientes fora da região e turistas sobretudo espanhóis e ingleses durante as férias.

Quem manda nisto tudo

Nome: José Ferreira
Idade: 50
Prato favorito: Legumes à brás
Guilty pleasure: Exercício físico
Convença-nos a visitar o espaço: “O seu sorriso, alegria e simpatia para nós não têm preço”.

tags: doçaria, Estádio do Bonfim, fabrico próprio, Pastelaria Doce Arte, sardinhas, tigeladas, Vitória de Setúbal

localização, contactos e horários

morada
  • Pastelaria Doce Arte [ver mapa]
    Rua do Mormugão, 22/26
    2900-504 Setúbal
site e redes sociais
horários
  • Segunda a domingo
  • Das: 06:00
  • Às: 22:00

ficha técnica

intervalo de valores
Menos que 10€
wifi disponível?
Sim
esplanada?
Sim