comida

Câmara de Setúbal garante refeições a alunos com apoio social

São abrangidos pela medida adicional os estudantes do concelho com escalão A do abono de família.
A medida entrou em vigor a 17 de março. Foto: CMS.

A Câmara Municipal de Setúbal está a assegurar o fornecimento das refeições aos alunos do concelho beneficiários do escalão A nas escolas de acolhimento. A medida entrou em vigor no dia 17 de março, terça-feira, e faz parte do plano de contingência da Covid-19 ativado pela autarquia. 

As refeições são confecionadas na cozinha da EB 1 Luísa Todi e transportadas em couvetes para serem servidas aos estudantes com escalão A do abono de família. Os filhos de profissionais de saúde, forças de segurança e de proteção civil que tenham de ficar nos estabelecimentos de ensino referenciados para acolhimento também têm direito às refeições. 

A requisição das refeições tem de ser feita até à hora de almoço da véspera do dia pretendido. As escolas do concelho de Setúbal abrangidas pelo apoio são a EB Barbosa du Bocage, a EB de Azeitão em Vila Nogueira, a Escola Básica e Secundária Lima de Freitas, a EB 2,3 Luísa Todi, a Escola Básica e Secundária Ordem de Sant’Iago e a EB1 da Azeda.

A lista completa das medidas adotadas pela Câmara Municipal de Setúbal para evitar a propagação do novo coronavírus está disponível online no site do município. A cidade de Setúbal declarou situação de alerta e ativou o plano de emergência, tendo em conta a potencial evolução da fase de contenção alargada para a mitigação da Covid-19 na passada sexta-feira, 13 de março. 

tags: Câmara Municipal de Setúbal, Covid-19, escalão A, escolas do concelho, refeições, setúbal

outros artigos de comida

mais histórias de Setúbal