comida

A nova casa de francesinhas onde vai provar a receita mais secreta (e caseira)

O restaurante Deves-me uma abriu em dezembro e trouxe o prato típico do norte para a zona ribeirinha da cidade.
Tem este aspeto.

Começou por ser um segredo rumo ao sucesso e é assim que vai continuar porque funcionou até agora. O restaurante Deves-me uma, especialista em francesinhas, abriu em Setúbal em dezembro do ano passado. A ideia surgiu a partir de um familiar, que tem uma casa de francesinhas no norte, com “notável êxito”, explica Nuno.

“Ele partilhou a receita comigo, sob a condição de não divulgar o seu segredo, uma tradição que passou por gerações. A inspiração inicial veio de alguém no Porto, mantendo a identidade em sigilo, pois a pessoa não quer que se saiba a sua identidade, partilhou a sua receita secreta”.

Nuno Lopes, 50 anos, é proprietário do negócio. Nasceu em Sarlat, em França, mas os pais são portugueses e voltaram quando Nuno ainda era miúdo. Formou-se como Técnico de Agropecuária, concluindo o curso de Marketing na Escola técnico-profissional de Fermil de Basto, no Minho. Posteriormente, foi vendedor numa loja de ferragens, em Chaves, entre 1992 e 1994. De 1995 a 1999, assumi a gestão de uma associação em Valpaços, na região de Trás-os-Montes.

Nesse mesmo ano, voltou a Setúbal, e até 2016, integrou uma rede de supermercados em Setúbal, na qual, ao longo de oito anos, exerceu o cargo de responsável de loja. Em 2017, abriu duas lojas de supermercado em Setúbal, porém, devido a questões de rentabilidade, encerrou o negócio em 2022. A nova casa de francesinhas surge assim como mais um empreendimento de Nuno, que admite que “apesar da ideia já existir, de abrir uma casa de francesinhas, apenas há cerca de dois anos ganhou destaque em Setúbal”.

“A ausência de um espaço acolhedor para convívio e degustação da autêntica francesinha à moda do Porto em Setúbal era notável no passado. Estabelecer um local que preenchesse essa lacuna sempre foi um objetivo para mim nesta cidade”, acrescenta. Apesar do restaurante ter aberto em dezembro, a inauguração oficial foi a 8 de janeiro.

O produto principal é, assim, a francesinha, feita com o molho caseiro todos os dias, com base na receita de família, e pode optar pela deves-me uma, de frango, vegetariana e de hambúrguer com porco preto, todas com o valor de 12,50€. As batatas fritas são à parte, e custa 2€ ou 2,5€, se forem rústicas.

Há outras opções no menu. Para entrada, opte pelo camarão ao alhinho (10€), pelo pica-pau de novilho (7,50€) ou ovos rotos (5,90€), entre outros petiscos. Pode provar, para prato principal, o hambúrguer deves-me uma (12,50€), o ficas bem (13,50€), o brie happy (12,50€), o frango (12,50€) ou o vegetariano (11,50€).

Há também as tábuas de queijo (11€), enchidos (11€) ou mista (12€). A complementar a ementa, pode escolher choco frito (12€), polvo à lagareiro (18€), um bife de novilho com molho de francesinha (13,50€) ou uma mista de porco preto (16€), além de outros pratos de peixe e carne.

Para acompanhar, além de vários cocktails, desde caipirinha (6€) a sex on the beach (8€), há as sangrias da casa, com a hipótese de escolher a sangria branca, tinta ou espumante (14€), além da ocean, fire, desire, ice e paradise (28€). As sobremesas dividem-se entre a panna cotta de frutos vermelhos (3,50€), o crème brûlée (3,80€), a mousse de chocolate com flor de sal e pimenta vermelha (3,50€), a pavlova de lima (4€) e o melhor do pior bolo de chocolate (4€). O espaço encontra-se na Rua Guilherme Gomes Fernandes, em frente ao Decibel.

Carregue na galeria para ficar a conhecer o espaço e alguns pratos.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Guilherme Gomes Fernandes, 25
    2900-395 Setúbal
  • HORÁRIO
  • Terça a sexta-feira, das 12h às 15h30
  • Terça a sexta-feira, das 19h às 23h30
  • Sábado, das 12h às 15h30
  • Sábado, das 19h à 1h
  • Domingo, das 12h às 15h
PREÇO MÉDIO
Entre 10€ e 20€
TIPO DE COMIDA
francesinha

MAIS HISTÓRIAS DE SETÚBAL

AGENDA