comida

567 Burger: os novos hambúrgueres suculentos da Margem Sul são feitos num defumador

Não é numa chapa, nem numa grelha tradicional. O novo espaço do Barreiro tem uma esplanada junto ao Tejo.
É o novo projeto da Margem Sul.

Os novos hambúrgueres da Margem Sul não são feitos numa chapa o numa grelha tradicional. É num defumador que as carnes não cozinhadas, o que lhe dá um toque diferente ao que possa estar habituado. “A defumação é um processo que traz textura e cor para a carne. O sabor é mais intenso do que no churrasco”, explica à NiT Marianna Farias, 29 anos, uma das responsáveis pelo novo 567 Burger. 

O restaurante abriu no final de agosto no Barreiro, perto da zona ribeirinha onde se vê o Tejo e Lisboa ao fundo. O projeto começou no Brasil, em Fortaleza, com Rafael Camurça, 32 anos, o marido de Marianna, e o irmão gémeo deste, Ricardo. Fizeram e deram a provar os primeiros hambúrgueres cozinhados num defumador em 2017 a partir de uma foodtruck.

Três anos depois, a marca conta com dois restaurantes no Brasil e agora este no Barreiro, em Portugal. Marianna e Rafael casaram-se em 2018 e Portugal foi o destino escolhido para a lua de mel. “Gostámos tanto que decidimos abandonar a vida no Brasil e começar do zero em Portugal com o desejo de abrir um restaurante um dia.”

São preparados num defumador.

Marianna é formada em psicologia e trabalhou na área de recursos humanos. Já Rafael sempre se dedicou à restauração. Durante os dois anos que estiveram no País trabalharam em vários restaurantes e cafés, tudo para perceber melhor o mercado e a cultura. Já este ano surgiu a ideia de trazer o conceito do 567 Burger para Portugal e compraram um defumador idêntico aos que usam no Brasil.

As obras do espaço arrancam em março e devido à pandemia atrasaram mais do que tinham previsto. A inauguração foi a 24 de agosto. Na ementa o claro destaque vai para os hambúrgueres. São mais de dez as opções, sempre servidas com batata frita.

Experimente o 567 Mayo, com mix de queijo, maionese defumada e picles (5,95€), o Mushroom Burger, com queijo, maionese, alface e creme de cogumelos (7,95€), ou o Monster Fries, com 320 gramas de carne, bacon crocante, queijo cheddar, pepperoni e batatas fritas no interior (12,95€).

Há ainda uma opção vegan e hambúrgueres mais pequenos para os miúdos. É sempre possível juntar os extras que quiser. No 567 Burger também servem sugestões de brunch e pequeno-almoço. Há croissants, panquecas e tostas. O restaurante tem, neste momento, 17 lugares no interior e mais 24 na esplanada.

tags: 567 Burger, defumador, hambúrgueres, margem sul

outros artigos de comida

mais histórias de Setúbal